Família real “emite” aviso a Harry e Meghan após ataques

De acordo com o especialista em assuntos da realeza Russell Myers, a família real britânica “emitiu” um aviso incisivo para o príncipe Harry e Meghan Markle no último sábado (15). Na ocasião, os membros seniores da realeza demonstraram estar “unidos” ao prestigiarem o Trooping the Colour, comemoração oficial do aniversário do rei Charles III.

Na avaliação de Myers, editor do jornal britânico The Mirror, até Kate Middleton, que estava afastada das funções públicas em razão do tratamento contra um câncer, compareceu à celebração e comprovou a força da família real. Segundo o expert, essa movimentação unida da realeza funcionou como uma exortação para os duques de Sussex.

Crédito: Phil Harris – WPA Pool/Getty Images

“Eles [Harry e Meghan] vão [ter que] perceber que, se quiserem ter um relacionamento com o restante da realeza, não podem ir sobre destruí-los. Eles não podem ganhar dinheiro com suas associações com a família real. Espero que vejam que a instituição está muito unida sem eles”, pontuou Russell Myers.

Na entrevista para a emissora Sky News Australia, o editor de realeza do The Mirror lembrou que o príncipe Harry “ataca” a família real desde que renunciou aos deveres oficiais, na monarquia em março de 2020. Myers enfatizou quanto ao livro de memórias do duque de Sussex, intitulado Spare. A obra trouxe revelações bombásticas da realeza.

Conforme ressaltou o especialista em família real, a reconciliação dos membros da realeza com Harry e Meghan vai depender dos próximos passos dos duques de Sussex. “Se quiserem uma aproximação, devem ir em frente, porém sem precisar desabafar do relacionamento e das coisas que dizem às vezes”, reforçou o Myers.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *