Juiz solta advogada que tentou entrar com drogas em presídio de Timon

O juiz Weliton Sousa Carvalho, da Central de Audiência de Custódia da Comarca de Timon, concedeu liberdade provisória à advogada Liliana Silva Rodrigues, 28 anos, presa, acusada de tentar entrar com drogas no Presídio Jorge Vieira, na cidade de Timon, na terça-feira (9).

O Ministério Público do Maranhão se manifestou pela homologação do auto de prisão em flagrante, pela conversão da prisão em liberdade provisória cumulada com medidas cautelares.

(Foto: Divulgação)

Entre as medidas estão, proibição de se ausentar da comarca por mais de 30 dias sem autorização do juízo, não mudar de endereço sem autorização, suspensão do exercício profissional da advocacia, no que diz respeito à atuação na esfera criminal, comparecimento em juízo a cada 30 dias para informar e justificar as suas atividades, além de pagamento de fiança no valor de R$ 2 mil. O descumprimento das medidas poderá ensejar a revogação do benefício.

A advogada Liliana Silva Rodrigues de Souza foi presa na tarde de terça-feira (9) ao tentar entrar com várias porções de maconha escondidas em uma sandália no presídio Jorge Vieira, em Timon. A droga foi encontrada quando a advogada passava pela máquina de escaneamento corporal chamada “Bodyscan”.

Com informações do MeioNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *