VÍDEO: Exército chega para resgatar cavalo ilhado no telhado

Equipes de resgate estão no local onde está o cavalo “ilhado” em um telhado após as enchentes em Canoas, na manhã desta quinta-feira (9).

Veterinários do Exército acompanham os militares, que se dirigiram de barco para o local. A situação do animal, que foi apelidado de “caramelo”, causou comoção nas redes sociais.

Imagens que mostram o animal ilhado no telhado de uma casa foram feitas pelo Globocop, que cobria as enchentes na região na manhã de quarta (8).

O prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PSD), disse em entrevista à GloboNews que o resgate do cavalo que ficou ilhado no telhado de uma casa vai exigir o uso de um helicóptero.

“Vai exigir ação de um helicóptero, aliás um helicóptero que tenha capacidade de erguer um animal que normalmente tem 500kg, 600kg. Então, estamos preparando a logística para gente poder salvar esse cavalo”, disse na noite desta quarta-feira (8).

As chuvas no Rio grande do Sul provocaram a morte de 107 pessoas no estado e deixaram 130 desaparecidos até o início da noite.
Em Canoas, os temporais deixaram um rastro de destruição. Até o começo da noite, quatro mortes haviam sido registradas na cidade.

“A cidade está destruída. Das 27 unidades básicas de saúde nós perdemos 19. Das quatro UPAs, perdemos três. Das cinco farmácias distritais, perdemos quatro. Todos os quatro Caps de Canoas nos perdemos. Todas as escolas foram atingidas, perdemos infraestrutura, centros esportivos, equipamentos, vamos ter que reconstruir”, afirmou o prefeito Jairo Jorge.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *